Prefeitura, Sindicato Rural, FAEG e Conselho de Consumidores apresentam demandas por energia para diretoria da Celg durante encontro em Jataí

Na tarde desta terça-feira (03), no auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas de Jataí, CDL, foi realizada – por iniciativa do Sindicato Rural, com o apoio da Prefeitura de Jataí, da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás, FAEG, e ainda, do Conselho de Consumidores – uma reunião entre estas e outras entidades da cidade com a diretoria da Celg Distribuição – vendida recentemente para a italiana Enel – para apresentar a ela a demanda por energia no município, em especial na zona rural.

Na ocasião, o presidente do Sindicato Rural de Jataí, Vitor Gaiardo apresentou um levantamento de demanda reprimida em 11 regiões do município de Jataí que precisam ser atendidas para o desenvolvimento de atividades em armazéns, fazendas produtoras de leite com ordenha mecânica e resfriadores e em propriedades que se utilizam ou pretendem se utilizar da irrigação de lavouras, recurso que pode triplicar a produção agrícola na região.

Segundo ele, é necessário que a Celg dobre os investimentos em linhas de transmissão no campo para atender a demanda.

Já o secretário de Desenvolvimento Econômico, Francis Barros, que na oportunidade representou o prefeito Vinícius Luz, levou ao conhecimento dos executivos o potencial econômico do município e afirmou acreditar na expertise do grupo Enel para fazer a diferença no fornecimento de energia em Goiás e ainda, que a Prefeitura espera investimentos em infraestrutura para suprir a demanda já existente no município e possibilitar a implantação de novas empresas.

O presidente da Celg Distribuição, Abel Rochinha, se comprometeu a estudar a demanda, confrontar com o planejamento da empresa e ainda, tratar o caso com a atenção que o cliente (consumidor jataiense) merece.

Abel ainda se comprometeu a realizar um novo encontro para discutir as demandas da área empresarial/industrial na cidade.