Violência contra a mulher foi tema de capacitação realizada pela Secretária de Saúde

Na última semana, a Prefeitura de Jataí, por meio da Secretária de Saúde, promoveu uma palestra, no auditório Hidelbrando Alves de Assis, sobre a Rede Mulher com Saúde, através do Programa Rede Mulher em Paz, do Poder Judiciário, para os profissionais da área da saúde, com o intuito de dar orientações sobre mediações de conflitos relacionados à violência contra a mulher e também de destacar o papel do agente para denunciar casos de abuso.

Estiveram presentes, a assessora e coordenadora da equipe multidisciplinar do Juizado de Violência Doméstica e Familiar de Jataí, Jhoanne Rodrigues Barbosa e as estudantes do curso de psicologia da Universidade Federal de Goiás – Regional Jataí, Maria Clara Guimarães e Nilva Carvalho de Assis.

Na ocasião a coordenadora, Jhoanne Rodrigues, apresentou aos servidores os tipos de violência contra a mulher, as normas da Lei Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006 – que prevê a coibição da violência doméstica e familiar e a prevenção, punição e erradicação da violência contra a mulher.

Ainda durante o encontro, as alunas da UFG abordaram as principais técnicas que auxiliam no acompanhamento psicológico da vítima e do agressor.

Rede Mulher em Paz

O programa foi desenvolvido pelo Poder Judiciário do Estado de Goiás, com a finalidade de prevenir, reprimir e erradicar a violência doméstica e familiar contra a mulher, visando preservar a integridade física, psíquica, sexual, moral e patrimonial, bem como conscientizar o ofensor, de forma a transformar a realidade social, sob o amparo das políticas públicas contidas na Lei 11.340/2006 – Lei Maria da Penha.

A Rede conta com as parcerias do Juizado de Violência Doméstica e Familiar da Mulher de Jataí, da Universidade Federal de Goiás – Regional Jataí, da Comissão da Mulher Advogada e da Ordem dos Advogados do Brasil – Subseção Jataí, do Instituto Federal de Goiás – Campus Jataí, da Raízen, do Grupo Mais Mulheres na Política e da Prefeitura de Jataí – com a criação do Conselho Municipal dos Direitos das Mulheres (COMDIM) e do Fundo Municipal dos Direitos das Mulheres (FMDM), através do projeto de lei – de autoria do Executivo Municipal – nº 017, de 29 de março de 2017.